Sonhos e Dívidas

Li recentemente no livro “A Ponte e o Remador” do meu amigo e mentor Fabiano Calil que o dinheiro deve ser guardado, administrado e usado para ser um realizador de sonhos, um meio e não um final.

3POTE-DE-DINHEIRO

Comecei a pensar em alguns atendimentos que faço com famílias que possuem dívidas e é comum ouvir delas que o principal sonho hoje é sair das dívidas. Quando ouço sobre este sonho, gosto de usar uma frase: “O maior sonho de vocês hoje pode ser saírem das dívidas, mas não esqueçam que existe vida após as dívidas e ela é mais longa e mais feliz que com elas. Sonhem além das dívidas, onde querem chegar? O que querem atingir? Onde querem conhecer? Que legado querem deixar?”.

Se esse é o seu caso não deixe de sonhar, pois são esses sonhos que vão te dar força para sair das dívidas, pois, você terá um objetivo que te trará bons sentimentos para passar pelo período de privações que a saída das dívidas pode proporcionar.

felicidade2

Sonhem com detalhes, se imaginem realizando este sonho. Quando estipulamos um valor para o sonho ele vira um objetivo, quando estipulamos um prazo para atingi-lo ele vira uma meta. Ex: Querer comprar um carro é um sonho. Querer comprar um Punto azul que custa R$38.000,00 é um objetivo. Querer comprar um Punto azul que custa R$38.000,00 até 06/2016 é uma meta e sabendo qual será o destino, onde quero chegar, consigo imaginar melhor um caminho eficiente para atingir minha meta e coloca-lo em prática;

Escrevi no texto sobre Fluxo de Caixa de quem tem Dívidas que as dívidas vão se encerrando ao longo dos meses/anos e um pagamento que era feito hoje não será feito mais no mês que vem. O que fazer com esse dinheiro? Parte pode ir para adiantar outras parcelas de dívidas e ajudar no equilíbrio das finanças e parte tem que ir para a construção dos sonhos/objetivos/metas.

Não deixem de sonhar. Pensem nisso!

Abraços!

Lucas Madaleno