Gastos de Final de Ano – O que fazer?

Final de ano se aproxima e com ele alguns gastos extras: happy hour, festas de confraternização em empresas, amigos secretos, festas de final de ano com a família e amigos, presentes de Natal (ou outra data comemorativa) entre outros.

Nesta época parece que as pessoas estão mais dispostas a consumir e a sair para compromissos sociais menos preocupadas com seus gastos, é uma época em que as pessoas estão mais “leves”.

festa-da-empresa-festa-da-confraternizacao-final-de-ano-650x350

Diante de tantos gastos extras, como conseguir controlar os gastos e ainda assim estar presente?

O primeiro passo para sair das festas de final de ano com as contas em ordem é planejar quanto deseja gastar.

Quando nos planejamos para gastar um determinado valor estamos analisando toda a situação friamente (sem deixar as emoções virem à tona), mas quando vamos às compras o sentimento e o impulso falam mais alto e podemos gastar bem mais que o planejado e nos complicarmos financeiramente, por isso, busque não ultrapassar o valor estipulado.

Para quem tem o orçamento relativamente organizado, é possível destinar a verba de lazer do mês ou parte dela para essas confraternizações, presentes etc. Até porque esses eventos de final de ano não deixam de ser lazer.

Esta é uma época onde quem é registrado sob o regime CLT recebe o 13º salário e para alguns as férias também são recebidas. O 13º é um dinheiro extra e para quem já está com seu planejamento encaminhado, porque não gastar boa parte com lazer?

família

Atenção!! Quando há o recebimento das férias, o dinheiro extra recebido é somente o 1/3 a mais. O valor recebido como férias na verdade é um adiantamento de salário, pois como no mês em que tira férias o empregado não trabalha, no mês seguinte ele também não recebe salário.

Procure ter o cuidado de poupar o valor de férias recebido (adiantamento) ou antecipe o pagamento de algumas contas se for possível, assim, no mês seguinte o impacto financeiro será menor.

Atenção!! – Parte 2: Muitas pessoas buscam deixar o dinheiro extra recebido no final de ano para fazer frente aos gastos de começo de ano (matrícula escolar, IPVA, IPTU, viagens de férias etc). Se este é o seu caso, atenção redobrada nos gastos com as comemorações!

E para quem não tem essa sobra no orçamento ou não recebe 13º, o que fazer? Busque não gastar mais do que recebeu nos meses de final de ano, se não for possível comprar algum presente ou gastar em alguma confraternização não se sinta mal por isso, melhor você estar em dia com suas contas do que ter lembranças ruins (e contas altas para pagar) desta época no começo do ano seguinte.

natal-ecommercde

As famosas lembrancinhas também são uma ótima forma de gastar pouco e presentear boa parte das pessoas que são queridas a você. Seja criativo nessa hora.

Espero ter ajudado e boas festas a vocês!

Abraços!

Lucas Madaleno