Educação Financeira de Pais para Filhos

Em meus atendimentos à famílias nesses últimos 5 anos, é comum ouvir dos provedores que o maior legado que eles querem deixar para seus dependentes é a educação. Arrisco-me a dizer que existe um segundo legado que eles deixarão indiretamente para seus herdeiros: a forma como eles lidarão com dinheiro.

Ensinar com palavras e brincadeiras funciona muito bem com as crianças, mas são os exemplos que ficarão marcados. Tanto o exemplo a ser seguido como o exemplo a ser evitado.

hamburguer

Se os pais são pessoas que tem um bom controle das finanças, isso pode gerar alguns caminhos diferentes para os filhos, os mais comuns são:

  • Seguir o exemplo e ter um bom controle das finanças, pois esse é o caminho que aprenderam ser bom para eles;
  • Frustração e não ter controle nenhum de suas finanças, pois talvez com o controle das finanças dos pais vieram também algumas privações. Ex: Não comprar o brinquedo da moda igual aos dos amigos, pois não cabia no orçamento.

Você pode estar pensando: “não comprar um brinquedo não é um exemplo de privação, que criança mimada”, mas te convido a pensar quantas pessoas você conhece que em algum momento compraram determinada roupa, perfume, relógio, carro etc simplesmente para ser aceito em um grupo de amigos ou do trabalho. Com as crianças não é diferente.

celulares

O mesmo pode ser dito para o caso dos pais que tinham dívidas, isso pode gerar alguns caminhos diferentes para os filhos, os mais comuns são:

  • Seguir o exemplo e também se endividarem para formar patrimônio ou para comprar coisas, pois esse é o caminho que aprenderam com os pais e que se sentem confortáveis;
  • Seguir o caminho totalmente oposto e ter “medo” de se endividar, pois, podem ter visto que com as dívidas os pais se privaram de alguns momentos de tranquilidade para discutir as contas, noites mal dormidas pensando em como pagar o boleto do dia seguinte etc.

Agora pense na forma como seus pais (ou quem te criou e educou) lidam ou lidavam com dinheiro. Você está seguindo o mesmo exemplo ou indo para um caminho diferente? O caminho que você está pegando é o que você quer que seu filho siga?

desabafo_pai

A reflexão sobre nossas origens é um importante passo para entendermos qual caminho financeiro escolhemos seguir (consciente ou inconscientemente) e tendo consciência disto, qual caminho escolheremos daqui para frente.

Pensem nisso!

Abraços,

Lucas Madaleno