Quanto tempo faz que você não paga por uma roupa?

Quantas vezes por mês ou por ano você entra em uma loja para comprar roupas? E quantas vezes por ano você paga por essas roupas? Ficou confuso com essa segunda pergunta? Vou explica-la neste texto.

No texto sobre Torcedores de Fatura falo sobre como controlar e usar de forma consciente o cartão de crédito e é comum ouvir em alguns atendimentos meus clientes dizerem que não costumam comprar roupas e/ou sapatos frequentemente e quando vamos analisar seus hábitos mensais e anuais isso acaba sendo realmente comprovado.

carteira_cadeado

As compras acabam sendo feitas a cada dois ou mais meses dependendo da pessoa/família e em alguns casos essas compras são feitas apenas uma vez por ano, porém, essas compras acabam sendo parceladas e mesmo que a pessoa não entre em lojas todos os meses, ela acaba pagando por essas roupas todos os meses.

Exemplo: Cláudio compra roupas a cada três meses e normalmente parcela suas compras em três vezes. Em sua última compra em Abril ele gastou R$180,00 e vai pagar R$60,00 (R$180,00 dividido por 3) em Maio, Junho e Julho. Se ele mantiver essa média e for comprar outras roupas em Julho, terá parcelas a pagar em Agosto, Setembro e Outubro mantendo assim o ciclo de todos os meses ter alguma parcela relativa às roupas para pagar.

camiseta cortada

Camiseta parcelada em algumas vezes. Ela só estará inteira quando você terminar de paga-la =)

Como a ação de adquirir roupas e/ou sapatos não ocorre sempre, as pessoas normalmente não se lembram de incluir esses itens em seu orçamento mental (contas que são feitas para saber onde estamos gastando), mas as parcelas são importantíssimas para identificar para onde estão indo seus recursos.

Outros itens com os quais também ocorre a mesma situação são: Seguro de carro, IPVA, Presentes, Viagens e até mesmo o Lazer. Como a cada mês gastamos valores diferentes com lazer, esse item acaba não entrando no orçamento inicial da maioria das pessoas por não ser um gasto fixo. Eu diria que o lazer é um gasto fixo, porém, com valores variáveis. Faz sentido?

calendário

Normalmente nos lembramos da primeira e segunda parcelas das compras que fazemos, as próximas acabam sendo esquecidas e fazemos novas parcelas que se acumulam e tornam o item “parcelas” significativo em nosso orçamento. Se hoje não sobra dinheiro para você, busque em seu cartão de crédito ou em seu talão de cheques os parcelamentos existentes, certamente você encontrará alguns motivos para hoje não haver a sobra que você deseja.

E você, faz um acompanhamento de suas parcelas? Quanto tempo faz que você não paga por uma roupa?

Abraços!

Lucas Madaleno

Fatura de Cartão de Crédito e o Futebol – Não Seja um Torcedor

Como você lida com seu cartão de crédito? Você é um verdadeiro torcedor de futebol de sua fatura?

Não entendeu a expressão “torcedor de futebol de fatura”? Vou explica-la no texto de hoje.

cartão de crédito

Obs: A imagem acima não representa qualquer preferência do autor do texto ao banco representado ou à bandeira do cartão.

Nos atendimentos que faço, é bastante comum ouvir expressões do tipo “meu gasto com cartão de crédito é alto”, “este mês o cartão veio mais alto que o esperado”, “passei um pouco nos gastos com cartão”.

Quando vamos a uma loja, nos são oferecidas basicamente quatro formas de pagamento: dinheiro, cartão de débito, cheque e cartão de crédito, ou seja, o cartão foi o meio de pagamento utilizado e não a despesa em si. Ficou confuso? Explico com um exemplo: fui comprar uma camisa em uma loja e paguei com o cartão de crédito, meu gasto na verdade foi com roupas/vestuário e o cartão foi o meio que escolhi para poder paga-la.

pagamento cartão

E o futebol nessa história?

O cartão de crédito é um meio de pagamento muito bom quando bem utilizado, pois te permite enxergar seus gastos em um único demonstrativo (fatura), você pode acumular milhas e pontos que podem ser trocados por uma infinidade de coisas, mas pode se tornar um verdadeiro transtorno quando deixamos de pagar sua fatura ou quando a pagamos parcialmente.

No texto “Por que Montar um Orçamento Pessoal?” falo sobre a importância de as pessoas terem seu orçamento organizado para alcançar seus sonhos/objetivos e quando não acompanhamos a fatura do cartão nos tornamos verdadeiros torcedores fanáticos.

Quando a fatura vem abaixo do que esperávamos é como se fosse um gol do nosso time do coração, quando a fatura vem pouco acima é como se fosse um empate “Ah! Podia ser pior vai”, mas quando ela vem bem acima é como se levássemos uma goleada no estilo Alemanha 7 x 1 Brasil (Copa do Mundo de 2014).

palmeiras-torcida

Obs: A imagem acima representa o time de coração do autor deste texto.

Não seja um “torcedor de fatura”. Para não termos esse tipo de surpresa acompanhe de perto seu time, faça um controle dos gastos que virão em sua próxima fatura e saiba de quanto será o pagamento e se programe para ele.

O Brasil só poderá se recuperar do vexame sofrido 4 anos depois em uma próxima Copa do Mundo, será que o mesmo vai acontecer com suas finanças?

Abraços!

Lucas Madaleno